Teste de QI


Bem-vindo ao Teste de QI.
O Teste de QI pode ser utilizado por muitas razões. Ele permite situar o seu nível de capacidade para aprender, entender, formar conceitos, processar informações, aplicar a lógica e a razão, em comparação com a população. Ele é indicativo e pode representar uma influência sobre características não comuns que podem ser encontradas na sociedade, sejam elas relacionais, tais como isolamento, rejeição ou distanciamento, ou intelectuais, como facilidades ou dificuldades encontradas em atividades intelectuais. De outra forma, pode explicar também êxitos alcançados de maneiras mais fáceis que outras pelos indivíduos.
Seu resultado no final deste Teste indicará seu QI e sua posição em relação à população por meio de várias estatísticas.


Você concorda com o resultado? Por favor, compartilhe o link para este teste com os amigos para comparar os resultados!

O que você precisa saber sobre o Quociente de Inteligência, o QI

O quociente intelectual é o número que resulta de uma série de testes cognitivos. Ter a capacidade de calcular o QI de uma pessoa é um assunto que desperta o interesse de acadêmicos do mundo todo. Algumas pessoas chegam a ver o número de QI alto como um motivo de orgulho, outras não dão muita importância. A verdade é que o quociente de inteligência de uma pessoa provavelmente é algo bem diferente do que a crença popular possa sugerir. No final deste artigo você vai entender o porquê.
Teste de QI

História

No século 19, já se ouvia relatos de pessoas tentando calcular o nível de inteligência de uma pessoa. Na época, a inteligência de uma pessoa era mensurada tendo como base seu comportamento na vida diária. Eventualmente, psicólogos e outros acadêmicos ficaram cada vez mais interessados na classificação do nível de inteligência de uma pessoa. Inúmeras formas de calcular o QI de uma pessoa surgiram, algumas delas mais aceitas do que outras. Foi constatado que uma pessoa pode obter diferentes resultados em testes de QI, mesmo se fizer um único teste várias vezes, esse tipo de observação colocou em debate a validez dos testes de QI.

O QI de uma pessoa não é fixo

Teste de QI

A capacidade cognitiva de uma pessoa não é estática e pode ser alterada com uma abordagem consciente. Isto é, através de atividades como o xadrez, exercícios físicos, prática de esportes, uma pessoa pode desenvolver seu intelecto, ou, se tornar mais inteligente.

A classificação das pessoas de acordo como QI

Como já mencionamos, inúmeras formas de se calcular o QI de uma pessoa já surgiram. No entanto, o pesquisador David Wechsler desenvolveu o que atualmente é considerado o método de avaliação mais aceito no mundo, o Teste de Wechsler. De acordo com sua classificação, uma pessoa com mais de 130 de QI é considerada muito superior. Uma pessoa entre 120 e 129 de QI é considerada superior. Uma pessoa entre 109 e 119 é considerada acima da média. Uma pessoa entre 90 e 109 é considerada a média. Resultados inferiores a isso são considerados abaixo da média ou até casos preocupantes. Essa classificação é para adultos apenas.

A precisão dos testes

Teste de QI

Os primeiros testes de QI foram descartados em sua maioria quase que completamente. Alguns testes do século XX indicavam crianças superdotadas apenas para constatarem que quando adultas, essas crianças viviam vidas comuns sem nada de excepcional. Mesmo os testes mais aceitos atualmente não são tão precisos, já que uma mesma pessoa pode ter pontuações diferentes fazendo o mesmo teste várias vezes seguidas. No melhor dos casos, os testes de QI são indicativos da inteligência real de uma pessoa.

Conclusão

Inteligência pode ser mensurada de várias formas, intelectual, emocional, social. Há um motivo para nenhuma faculdade jamais ter usado testes de QI como forma de processo seletivo para seus alunos. Testes de QI podem satisfazer a curiosidade das pessoas, mas, no final das contas, pessoas inteligentes vão se destacar por outros meios.

Adblock
detector